Opinião Emerson Souza Gomes: Regressistas e libertinos

Para alguns, causa admiração existir um conflito atual a respeito de costumes, não só em nosso país, mas em alguns países do mundo. Esse embate entre conservadores e progressistas sempre existiu, mas, francamente, quando a economia não vai bem, é comum esse “diálogo” ser trazido novamente à baila. Uma miscelânea de argumentos morais, fazendo com que a religião entre no campo da política e vice-versa, acaba tomando o cenário de opiniões. Mas como afirmei: se o Estado tem recursos para prover direitos, independentemente de credo, raça, religião, região, enfim, tudo se cala: a denúncia de imoralidades e de achaques à família tradicional, inexiste.